Como montar a equipe perfeita para a Start-Up?

Profissionais especializados são recursos-chave na ‘carreira’ de uma empresa, desde o seu início. Por isso, é simples entender o porquê empreendedores estão sempre à procura de uma equipe que seja completa e que todas as áreas sejam cobertas por pessoas com experiência (ou com vontade de aprender). Porém, sabemos que pode ser uma maratona encontrar e montar uma equipe que tenha tudo a ver com a sua empresa. Não somente isso, o investimento pode ser bastante alto.

Apesar da situação atual do mercado de emprego, empreendedores ainda passam pela dificuldade de montar uma equipe que encaixe com a vaga e a empresa. Isso, principalmente para os que estão iniciando e não possuem recursos financeiros exuberantes. Por isso, a lista abaixo servirá para aqueles empreendedores que estão à busca ou em processo de contratação de funcionários para montar uma equipe.

1. Determine Exatamente o Tipo de Vaga e o que Você Procura

Descreva claramente o tipo de vaga, com todas as possíveis atividades que serão exigidas e o nível de conhecimento para cada uma.

Quais as principais atividades do novo funcionário?
Quais conhecimentos necessários?
Expectativas. O que a empresa espera e o que o funcionário receberá em troca em relação a conhecimento, carreira, etc.
Fale um pouco sobre a empresa.
Tempo parcial ou integral?

Há tarefas na empresa que certamente podem ser feitas em 30 ou 20 horas por semana. O perigo aqui é se o empreendedor subestimar repetidamente o custo real de uma área e sua quantidade de tarefas. É indispensável, portanto, ser o mais cuidadoso possível no planejamento. Lembre-se também que o novo funcionário não terá todo seu tempo inicial para fazer atividades “reais”, existe um período necessário de treinamento.

Qual o salário?

Profissionais não são baratos. A maioria deles deve ter passado uma parte considerável de suas vidas com educação e/ou estudos. Seja justo na hora de fazer as contas para programar o salário do funcionário. Tente não cair na tentação de contratar alguém menos experiente apenas porque é um menor investimento, às vezes, o tiro pode acabar saindo pela culatra. Por isso, como uma empresa iniciante, é necessário considerar todos os custos e verificar se pode ou não fazer o investimento no profissional que deseja.

2. Recrutamento

Como motivar potenciais candidatos?

Mesmo que existem várias alternativas para anunciar vagas, o melhor em custo e benefício ainda é a Internet. Especialmente para empresas iniciantes com orçamento limitado, o uso de websites de emprego é a melhor opção.

Quanto do orçamento está disponível para o recrutamento?

Assim como tudo na fase inicial de uma empresa, é importante fazer um planejamento financeiro para o recrutamento de funcionários. Conforme já dito acima, a internet tem o melhor custo benefício, mas nada é de graça. Mesmo que seja, algumas vezes é melhor fazer um orçamento para investir em alguns bons portais do que ter sua vaga em sites sem quase nenhuma visibilidade.

O que a empresa pode oferecer que as outras não têm?

É importante garantir que sua própria empresa se destaque da multidão. Aqui, você pode ser bastante criativo. Seja informando sobre a máquina de café disponível, chás e bebidas ou eventos regulares – estas medidas criam vínculo entre os funcionários da empresa. O aspecto social é extremamente importante para a rotina profissional.

3. A entrevista

As entrevistas deixaram de ser aquela interrogação unilateral. Para um bom processo de entrevistas é importante adaptar suas perguntas às necessidades da vaga.

O que é mais importante saber?
Que perguntas precisam ser esclarecidos?
Preparação é novamente a chave para o sucesso. A melhor maneira é criar uma lista de questões-chave e importantes para serem esclarecidas na entrevista.

Esse candidato é o certo para minha equipe?

Ele pode ser uma estrela do rock na sua área profissional, mas sua personalidade não se encaixa na equipe. Isso terá um impacto negativo sobre o ambiente de trabalho e sobre eficiência da equipe. Porém, não significa que todos devem ter a mesma personalidade na equipe. Muito pelo contrário, uma mistura saudável de personalidades diferentes contribui para um bom ambiente. Nós também falamos sobre isso neste artigo.

Nem todo mundo se encaixa perfeitamente em tudo que é exigido ou necessário na vaga, o quanto eu devo considerar?

Os critérios devem agora ser ordenados por importância. Alguns podem até ser marcados como “os mais decisivos”, ou seja, as características que um candidato precisa necessariamente ter. Todos os outros devem ser avaliados e, em seguida, é necessário determinar o quanto pode ser ensinado para os candidatos que não possuírem tal experiência.

Conclusão

Depois de responder estas questões, analisar os resultados e se planejar você estará pronto para dar o pontapé inicial no processo de montar uma equipe ideal para a sua Startup. Tenha paciência e só contrate quando tiver máxima certeza. Conseguir bons candidatos leva tempo, por isso, não seja tão ansioso. A equipe perfeita é a chave do seu sucesso. Boas contratações!

Por:
Diana Morgado
http://br.smartbusinessplan.com
Diana Morgado, 25, é formada em relações internacionais, mora em Berlim e trabalha junto com o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, a ferramenta de plano de negócios que auxilia o empresário a ter sucesso com a organização dos seus negócios e com o planejamento financeiro completo.

Fonte:
http://www.superempreendedores.com/startups/como-montar-equipe-perfeita-para-sua-startup/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s